Translate

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Um jardim no computador VII - A garden in my computer


Mais algumas flores do meu jardim virtual. Virtual e virtuoso, porque tem várias virtudes - está sempre disponível para mim, rico de cor e de perfume, e nem sequer precisa de água, apenas do carinho de quem ama as flores e a sua pacífica natureza...

Some more flowers from my virtual garden. Virtual and virtuous, because it has several virtues - it is always available for me, rich of color and perfume, and do not even need water, only the affection of those who love flowers and their peaceful nature...












quarta-feira, 26 de junho de 2013

Da vida da libelinha - About the life of the damselfly


Os dias fluem na textura líquida do tempo
o corpo abraça o verde da noite, 
os olhos dos peixes são estrelas geladas,
pequenos fogos viajando no imenso silêncio
Lá fora ruge a tempestade,
mas não importa o trovão
não importa o medo nem o grito,
tudo o que conta é a floresta de algas,
leito possessivo que abraça com braços de veludo
e segura o sonho da crisálida
na sua pausa nocturna,
antes de ser nuvem e voar.

The days flow in the liquid texture of the time
the body embraces the green of the night,
Fishes eyes are icy stars,
small fires traveling in the immense silence
Outside the tempest roars,
but no matter the thunder
no matter the fear neither the cry,
all that counts is the kelp forest,
possessive bed that hugs with velvet arms
and holds the dream of the chrysalis
in its nocturnal break
before being a cloud and fly. 














domingo, 23 de junho de 2013

Aqueduto das Águas Livres - Águas Livres Aqueduct

Muito há para escrever sobre o Aqueduto das Águas Livres e a sua História, e a Wikipédia tem aqui um bom artigo. 
Num resumo muito rápido, foi terminado em 1748, resistiu ao grande terramoto de 1755 e foi definitivamente desactivado em 1968.
Apenas uma pequena história à margem da História: O último condenado à morte em Portugal por crimes civis, Diogo Alves, foi enforcado em 1841 devido aos assassinatos cometidos sobre o Aqueduto, pois empurrava as suas vítimas para a morte, depois de as roubar, quando utilizavam o caminho sobre o aqueduto, que então era público e permitia uma rápida entrada para o centro da cidade.
Arco grande - altura do rio ao passeio sobre o aqueduto: 65,29 metros.

There is much to write about the Águas Livres Aqueduct and its history, and Wikipedia has a good article here.
In a very quick summary, it was completed in 1748, withstood the great earthquake of 1755 and was finally disabled on 1968.
Just a short story on the fringes of History: The last sentenced to death for civilian crimes in Portugal, Diogo Alves, was hanged in 1841, due to killings over the Aqueduct, because he'd push his victims to death, after robbing them, when they walked through the path over the aqueduct, which was then a public and faster way to enter to the city center.
Grand Arch -
height from the river to the pathway on the Aqueduct: 65.29 meters.


Olhando de baixo para cima - Estação de comboios de Campolide: 
Looking up - Campolide train station:




Do alto do aqueduto, olhando Lisboa: 
From the top of the aqueduct, watching Lisboa:
 




O passeio:
The pathway:

A placa:
The plaque:


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Estrelas cadentes - Falling stars


Por acaso ouvi hoje esta música num filme antigo, e lembrei-me de que tenho algumas "estrelas cadentes" na gaveta das fotografias... E fui lá procurá-las, porque hoje é um dia de chuva.

I happened to hear this song today in an old movie, and I remembered that I have some "falling stars" in the drawer of the photographs ... And I went there looking for them, because today is a day of rain.












sábado, 1 de junho de 2013

De fora para dentro


As janelas são os olhos da casa, claro. Permitem-nos ver para o exterior das nossas casas, deixam entrar a claridade e o calor - e às vezes o frio... E como os olhos, também mostram algo da alma de quem lá vive, do seu amor pelos animais, pelas plantas ou pela delicadeza de uma cortina de renda, tantas vezes tecida à mão, em horas de trabalho que não se contam porque se fazem com amor.
E quando os moradores se vão é a tristeza e a desolação que nos mostram as janelas das casas outrora felizes.

The windows are the eyes of the house, of course. They allow us to watch the outside of our homes, let in the light and the heat - and sometimes the cold ... And as eyes, they also show something of the soul of those who live there, their love for animals, plants or for the delicacy of a lace curtain, often woven by hand, in work hours that are not counted because are done with love.
And when the residents are gone it is the sorrow and desolation that show us the windows of once happy homes.