Translate

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Viajante - traveler

Soltou-se de uma velha via férrea no alto de uma montanha, quando a terra deslizou, e veio puxado pela água da chuva e empurrado pelo vento até ao grande rio.
Como uma canoa flutuou rio abaixo e foi poiso de pássaros e lar de uma aranha que, não se sabe como, lá conseguiu atracar e construir a sua teia. 
Ao fim de um tempo chegou ao oceano, e outras aves nele descansaram.
Finalmente, cansado da longa viagem e esquecido do seu destino, como um navio sem capitão nem marinheiro, encontrou o leito para o seu repouso final - varou na praia. 

Broke loose from an old railroad at the top of a mountain, when the land slid down, and came pulled by the rainwater and pushed by the wind untill the great river.
Like a canoe, it floated down the river and was the perch to birds and the home to a spider, that mysteriously there could dock and build its web.
After a time it arrived to the ocean, and other birds rested on it.
Finally, tired of the long journey and forgot of its destiny, like a ship without a captain nor a sailor, found the bed to its final resting - ran aground  on the beach.











segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Pôr-do-sol no mar - Sunset on the ocean

Pôr-do-sol no mar. O momento mágico em que as cores se misturam e uma suave cortina azul desce sobre a luz vermelha do sol que adormece...  Um momento que se deseja imortalizar.  "Aquela" fotografia!

Sunset at the ocean. The magical moment when the colors blend and a blue soft curtain falls on the red light from the sun that falls asleep ... A moment you want to immortalize. "That" picture!










terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Hoje o mundo não é um girassol



Hoje o mundo não é
um girassol
porque não há estrelas
e os pássaros adormeceram
logo de manhã
nas árvores da cidade

Hoje o mundo não é
um girassol
porque há apenas palavras
na boca da Humanidade
e silêncio
no seu coração

Hoje o mundo não é
um girassol
e a chuva não é suficiente
                para fazer nascer as flores
                da esperança

Today the world is not
a sunflower
because there are no stars
and the birds have fallen asleep
early in the morning
on the trees of the city

Today the world is not
a sunflower
because there are only words
on the mouth of humanity
and silence
in their heart


Today the world is not
a sunflower
and the rain is not enough 

to make bloom the flowers
of hope